Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Segue a greve na Mercedes-Benz de São Bernardo

Os 7.800 metalúrgicos da Mercedes de São Bernardo estão em campanha salarial e há uma semana de greve, pois rejeitaram na sexta-feira, dia 18/5, a proposta de acordo coletivo apresentada pela empresa.
A rejeição da proposta patronal demonstra a enorme disposição de luta dos trabalhadores porque praticamente nos últimos anos não houve campanha salarial, tanto nos governos do PT de Lula e Dilma, como nestes dois anos do governo golpista de Michel Temer, em razão da direção do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, ligada à antiga articulação, hoje CNB (Construindo um Novo Brasil), ter capitulado e se integrado ao regime golpista, “virado a página do golpe”, devido sua política de conciliação e colaboração de classes.
Inclusive, com o pretexto da crise, foi aplicado o “Programa de Proteção ao Emprego”, pelos governos petistas e golpistas, com a redução nos anos anteriores dos salários dos metalúrgicos, como os da própria Mercedes, Ford e Volks, etc.  
Ainda hoje a proposta da burocracia sin…

Últimas postagens

Imagem

O esgotamento sistêmico do capitalismo brasileiro como efeito dialético da crise estrutural do capital global: Só a revolução proletária pode barrar o pauperismo e barbárie do capitalismo senil!

Imagem

Turquia: Liberdade imediata para Kadir Çınar!

Contra a guerra, pelos direitos dos povos oprimidos, pelo socialismo : a revolução proletária mundial!

Desemprego aumenta e a crise econômica se aprofunda

Mobilizar contra os ataques imperialistas à Síria

Convocar um Congresso de base da classe trabalhadora para resistir ao avanço do golpe civil-militar

LULA NÃO PODE SE ENTREGAR A REAÇÃO! O PROLETARIADO DEVE RESISTIR A PRISÃO COM A GREVE GERAL! SUPERAR A POLÍTICA DE PARALISIA E COLABORAÇÃO DE CLASSES DA FRENTE POPULAR!

Quem matou Marielle?

Polícia americana assassina jovem negro na Califórnia